Dra. Mariana Maldonado - Ginecologia, Homeopatia, Terapia Sexual

Afrodisíacos

É verdade que os afrodisíacos podem abrir o apetite sexual?

A busca por produtos e substâncias capazes de estimular o prazer e o desejo sexual está longe de ser uma novidade. Os povos que viveram na Antiguidade assim como os gregos e romanos conheciam bem o poder dos afrodisíacos. E você? Sabe o que isso significa?

Afrodisíaco é tudo o que é capaz de estimular, despertar ou aumentar o desejo e manter a excitação sexual tanto nos homens quanto nas mulheres. Objetos, alimentos, odores, poções, pessoas, imaginação, as mais diversas fantasias… tudo tem potencial para ser afrodisíaco, vai depender exclusivamente da preferência de cada um. Não existe receita de bolo. O que pode ser estimulante para alguns, pode ser simplesmente repugnante para outros!

Dizem os entendidos que os melhores afrodisíacos são aqueles que satisfazem os cinco sentidos do corpo humano: visão, tato, olfato, audição e paladar. Dentro deste grupo dos “melhores”, a comida está no topo da lista. Um prato interessante, bem produzido, com toque exótico, certamente seduz. Na verdade, não é só a comida, mas também todo o conjunto: o ambiente, a música, os perfumes, as cores. E se estivermos em boa companhia, então…

Mas, vamos aproveitar que as festas de fim de ano estão aí para falar do poder afrodisíaco dos alimentos, conhecidos ao longo de toda a história da Humanidade. Para ser ter uma idéia, os Romanos no tempo do Império, acreditavam que saborear testículos de cavalo era garantia de um bom desempenho sexual; os chineses incluíam insetos no seu cardápio, pois acreditavam que serviam para aumentar o desejo sexual; O imperador asteca Montezuma tomava 50 taças de chocolate por dia e dizem os textos da época que ele teve 19 filhos! Poderoso o chocolate, não?

Cavalos, insetos e filhos a parte, ainda não foram encontradas evidências científicas concretas quanto a eficácia da maioria das substâncias consideradas afrodisíacas na resposta sexual de homens e mulheres. O que se sabe até o momento, é que algumas delas agem no sistema nervoso central e circulatório, contribuindo para a manutenção da boa saúde e consequentemente um melhor desempenho sexual.

Quer alguns exemplos? O amendoim e o aspargo são ricos em vitamina E, importante na produção dos hormônios sexuais; o alho auxilia na circulação do sangue, pode tornar a comida mais saborosa, estimular o apetite e a sensação de bem estar (mas cuidado com os excessos, pois bafo de alho ninguém merece!); as ostras têm grande quantidade de fósforo, iodo e zinco que ajudam na produção de testosterona, fundamental para o estímulo e a excitação sexual; a pimenta é rica em capsiacina, um poderoso estimulante natural; o gengibre tem uma sólida reputação dentre os afrodisíacos poderosos: Madame du Barry – cortesã francesa do século XVIII – misturava gemas de ovos e gengibre para estimular seus amantes, dentre eles os nobres e o rei.

E os românticos dizem que o amor é o melhor afrodisíaco. Será?

Mariana Maldonado
Mariana Maldonado é médica especialista em Ginecologia, Obstetrícia e Sexologia Clinica, além de Pós Graduada em Homeopatia e com Certificado de Atuação na Área de Sexologia em Ginecologia e Obstetricia pela FEBRASGO. Dedica sua carreira à ajudar mulheres de todas as idades nos cuidados com a saúde nas diferentes etapas da vida!
  • rogeria maria da silva.

    Oi! Que legal essa parte do comentario, pois faz com que as mulheres fiquem mas atualizadas! Assim as coisas ficam mais fáceis de se resolver! bjsss

  • Nivia

    Oi, existe algum outro método que dê um estímulo sexual? Namoro há 4 anos e não tenho vontade de fazer sexo. O que posso fazer?

  • Dra. Mariana Maldonado

    Olá Nivia!
    O primeiro passo é conversar com o seu médico sobre esse assunto e tentar descobrir o que se passa com vc, mas uma coisa eu posso te dizer: sair da rotina pode ser muito bom para incrementar o desejo!

Outros artigos sobre Sexualidade

Palavra de mulher

Este livro surgiu do amor entre mãe e filha que compartilham alegrias e tristezas do cotidiano. Os 43 capítulos apresentam depoimentos que sintetizam as vozes de muitas mulheres ouvidas nos consultórios, nos trabalhos de grupo e nas palestras realizadas por Maria Tereza (psicóloga) e Mariana (médica ginecologista), junto com comentários e informações sobre os temas abordados.Saiba mais.

Marque uma consulta

Para marcar uma consulta, ligue para 21 2287-2311 / 3681-3040 / 99896-2554 ou preencha os campos abaixo. Em breve, entraremos em contato para confirmar a disponibilidade do dia e horário desejados.

Obrigatório

Obrigatório Email inválido

Telefone obrigatório Telefone inválido

Endereço

Av. N. S Copacabana 1072 sala 705, Copacabana
Rio de Janeiro - RJ
CEP 22060-002

Telefone

21 2287-2311 | 3681-3040 | 99896-2554

Email

dra.mariana@marianamaldonado.com.br