Doutora Mariana Maldonado

Espaço Mulher

Esse é um espaço feito para quem quer saber mais sobre saúde, relacionamento e intimidade. Os assuntos estão agrupados por temas para facilitar a sua procura. Aqui você estará sempre bem informado! Palavra de mulher!

Assinatura

Ponha seu email no campo abaixo para receber as novidades do site:

feed

Ou assine meu RSS!

Sexualidade nas fases da vida

Publicado no dia 31 de agosto de 2009   Temas: Artigos, Saúde da Mulher, Sexualidade

Quem nunca ouviu falar a frase: a sexualidade não tem idade.  Para alguns, essa afirmativa pode parecer estranha, mas é a mais pura verdade…

Antes que você comecem a achar que eu não estou no meu juízo perfeito para fazer tal afirmação, é importante esclarecer uma questão básica: sexo e sexualidade não são sinônimos. Sexo está mais ligado as características biológicas e anatômicas que nos identificam como pertencentes ao sexo masculino e ao feminino.  Também é muito usado para se referir ao ato sexual com penetração: “fazer sexo”. Mas a atitude da pessoa nessa relação, o seu comportamento, desejos, fantasias… essas são manifestações da sexualidade. Por aí, você já podem ter uma idéia da grandeza que é o universo da sexualidade: ela não está restrita ao ato sexual. A sexualidade está presente e pode ser expressa através dos nossos gestos, pensamentos, palavras, atos de afeto e carinho, a forma como nos relacionamos com o outro, a descoberta do corpo e do prazer que ele proporciona… isso sim é a sexualidade!

Dentro dessa visão, fica mais fácil compreender o que eu dizia lá atrás: a sexualidade não tem idade. Sim, ela está presente em todas as fases da vida, desde a infância até a idade madura… nascemos e morremos como seres sexuais, capazes de viver e exercer nossa sexualidade ao longo de toda a existência!

 Assim como vivemos e sentimos as mudanças no nosso corpo e mente nas diferentes fases da vida - infância, adolescência, idade adulta e idade madura - com a sexualidade não poderia ser diferente. Em cada fase, ela se expressa de forma diferenciada. As crianças descobrem bem cedo que o toque nos genitais pode trazer uma sensação de prazer e isso faz parte do desenvolvimento de uma criança saudável, assim como engatinhar, falar e andar. Isso pode ser desconcertante para alguns pais e mães, mas é importante que nessa hora os pais expliquem que entendem que isso é bom, mas que deve ser feito na intimidade, ensinando a criança a ter noção de privacidade.

Chega a adolescência e os hormônios entram em ebulição: é a fase das descobertas, da experimentação, onde tudo tem que ser para ontem! O corpo muda bastante, as idéias também e o interesse sexual começa a despertar. Nessa fase é muito importante o apoio das pessoas mais próximas e a orientação da família para ajudar o adolescente a desenvolver a noção de responsabilidade sobre os seus atos e sobre o seu corpo.  Sexo é bom, mas tem seus riscos e não se pode ignorá-los!

Chega a idade adulta e aumentam as responsabilidades…filhos, família, trabalho. Tanta coisa para conciliar com a vida sexual que às vezes parece que nem vai sobrar espaço para aquele momento a dois tão bom! Vocês nem imaginam o quanto é importante preservar esse espaço…

A vida passa e chegamos na idade madura. Para muitas mulheres, a chegada da menopausa é igual a “morte sexual”. “Afinal, gente velha não transa”, é o que mais se ouve por ai. Verdade? Não mesmo! Há muito tempo, os vovôs deixaram o baralho de lado e as vovós as agulhas de crochê para ir em busca da felicidade e da sexualidade saudável. Gente, para o amor não há limites nem idade. A sexualidade faz parte da nossa vida e só termina quando ela acaba!

13 comentários

  • rogeria maria da silva. disse:

    Olá! É normal uma mulher de 46 anos ainda sentir tanto desejo sexual? Fiquei viuva há 2 anos e arrumei um namorado, só que eu quero transar todos os dias. Isso é normal.? Às vezes eu prefiro que ele nem me encoste, pois fico cheia de vontade….mas que é bom é! Abraços

  • Dra. Mariana Maldonado disse:

    Olá Rogéria,
    Se é normal?? É super normal!! Um dos grande afrodisíacos do desejo é a paixão e a novidade…aproveite o seu momento, mas com responsabilidade! Não abra mão da camisinha, ok?

  • Rosana disse:

    Fiz 51 anos e já estou na menopausa. Sinto muita dor na relação sexual, estou fazendo tratamento há 3 meses com creme vaginal, mas não estou vendo resultado. Isto é normal acontecer na menopausa?

  • Dra. Mariana Maldonado disse:

    Olá Rosana,
    Quando chega a menopausa, algumas mulheres podem sentir dor na relação sexual devido a atrofia genital, quando a pele da vagina fica mais sensível. Existem diversas formas de tratar, inclusive com cremes vaginais específicos para o problema. Se vc não está melhorando, sugiro que converse novamente com o seu médico para reavaliar seu tratamento, ok?

  • monica de campo grande disse:

    Olá! Tenho 39 anos e fiquei 1 ano sem vontade de fazer sexo, pois meu casamento estava mal e eu não sentia vontade. Após ficar separada um tempo voltei pro meu marido e agora estou com muito desejo, o sexo está ótimo e cada vez quero mais. Pergunto: a crise no casamento afeta mesmo o desejo feminino?

  • Dra. Mariana Maldonado disse:

    Olá Mônica,
    Vc mesma pode comprovar a resposta a sua pergunta! Com certeza influencia! O desejo sexual feminino é muito mais complexo do que a maior parte das pessoas imagina e problemas conjugais podem ser uma grande causa!

  • Maria Pereira Vieira disse:

    Gostei muito desse espaço pois, esclarece muitas dúvidas. Concordo plenamente que os vovôs e as vovós devam manter sua vida sexual ativa, afinal faz parte da nossa vida e só faz bem!

  • Maria Amaral disse:

    Oi, gostei muito desse artigo. Queria aproveitar a oportunidade pra me informar sobre a questão do orgasmo. Eu tenho 26 anos, tenho muita dificuldade de alcançar o orgasmo, nunca sei se cheguei ao certo. O que a senhora me sugere para resolver isso? Obrigada.

  • Dra. Mariana Maldonado disse:

    Sugiro uma conversa bem franca com um profissional que realmente possa te ajudar nisso, Maria. São muitos os fatores que influenciam nesse momento, inclusive o conhecimento sobre o próprio corpo através da masturbação por exemplo. O Ginecologista e o Terapeuta Sexual são boas opções para você procurar, ok?

  • joelma santos da silva disse:

    Oi Dra! Gostaria de saber porque o desejo sexual de um homen de 39 anos pode esfriar de uma hora para outra? Com apenas 10 meses de casado procurando a esposa uma vez por mês?

  • Dra. Mariana Maldonado disse:

    Fica impossível responder a sua pergunta com apenas essas informações, Joelma. As causas são muitas, desde fatores pessoais a insatisfações no relacionamento. Quem sabe se você conversar com ele você não descobre?

  • Rosa Maria disse:

    Muito bom esses comentarios, assim consigo tirar minhas duvidas.

  • Oton de Oliveira disse:

    Boa noite Dra. Sem comentário, simplesmente vc é muiiiiiiiitttttooooo inteligente! Para quem quiser tirar dúvidas é só entrar no site! Um abraço.

Deixe seu Comentário!

Comentário

design: Hungry Mind