Diafragma: Ótima alternativa para se proteger da gravidez sem hormônios.

Método antigo que voltou com força total! Uma boa opção para quem quer se proteger da gravidez sem usar hormônios!

Método antigo que voltou com força total! Uma boa opção para quem quer se proteger da gravidez sem usar hormônios!

Quer conhecer uma boa opção para se proteger da gravidez sem usar hormônios? Então vamos falar sobre o diafragma!

Diferente do que muita gente pensa, ele pode ser um método bem interessante e fácil de se usar para evitar a gravidez!

O diafragma é uma peça de formato arredondado, como um capuz bem macio, côncavo e com borda flexível, feito de borracha ou silicone que cobre parte da parede vaginal anterior até o colo do útero.

Ao cobrir essa região, fazem uma barreira mecânica impedindo a entrada dos espermatozoides no útero e o seu encontro com o óvulo.

É considerado um método de barreira assim como a camisinha feminina e masculina. Tem uma taxa de falha que pode variar de 6 a 21% dependendo da forma como é utilizado.

Está disponível em diferentes tamanhos e é por isso que se você optar por ele, terá que ir até o profissional de saúde treinado nessa medição, de preferência o médico Ginecologista.

Existem mulheres que “treinam” essa medição em si mesmas para não precisar ir ao médico, mas esse procedimento nem sempre dá certo.

Pode acreditar que ir ao médico medir o tamanho certo pra você é muito mais eficaz além de ser uma boa hora para tirar suas dúvidas!

Em breve, chegará ao Brasil um modelo mais prático e moderno de diafragma, de tamanho único que se adapta ao corpo da mulher. Vamos aguardar!

Ele pode ser colocado na posição que ficar mais confortável pra você – deitada, agachada, em pé – e para funcionar corretamente ele tem que ser colocado no fundo da vagina, bem encaixado atrás do osso púbico, fazendo uma capa protetora no colo do útero.

anticoncepcionais sem hormonios

Antes de inserir, lembrar de checar sempre se ele está integro, sem rasgos ou furos.

O ideal é usá-lo junto com o espermicida, para aumentar sua eficácia, mas aqui no Brasil encontrar um espermicida à venda tem sido uma tarefa quase impossível!

Lembrando que o diafragma protege mesmo é da gravidez. Existem até alguns estudos mostrando que as mulheres que usam o diafragma em todas as relações sexuais e da forma correta, podem ter uma proteção contra a contaminação de ISTs do tipo Clamidia e Gonorreia, e só.

Então, se você quiser mesmo estar duplamente protegida – da gravidez e das demais IST incluindo essas – o bom mesmo é usar a camisinha masculina junto!

Se for manuseado da forma correta, ele pode durar em média 5 anos!

SEPAREI ALGUMAS PERGUNTAS SOBRE O USO DO DIAFRAGMA PARA TE AJUDAR A ENTENDER MAIS SOBRE ELE:

1) QUAL É O MOMENTO CERTO PARA COLOCAR E RETIRAR?

Existem duas formas possíveis de se usar o diafragma: colocar um pouco antes ou na hora da relação sexual ou então de forma contínua, só retirando para lavar 1x ao dia. Após a última relação com ejaculação dentro da vagina, ele deve ser mantido no local por no mínimo 6 horas. Na prática isso significa que se tiver mais de 1 relação no dia, terá que contar o tempo pela última! Lembre-se que você não deve ficar mais de 24 horas sem retirá-lo para lavar.

2) QUAIS OS CUIDADOS PARA LAVAR E GUARDAR?

Depois de retirado, você deve lavá-lo com água limpa e sabão neutro, secar bem e guardá-lo dentro da caixinha apropriada em um local limpo, seco e escuro. Se o seu diafragma for de silicone, não colocar talcos ou perfumes, pois podem danificá-lo além de provocar irritações na vagina e no colo do útero.

3) POSSO USAR MENSTRUADA? TEM CONTRA INDICAÇÕES?

Não dá para usar menstruada! Nesse momento você terá que retirá-lo e se tiver relações sexuais, se proteger de outra forma, com a camisinha masculina ou feminina por exemplo.

Existem sim algumas contraindicações ao uso dele: mulheres que tenham HIV/ Aids ou sejam de alto risco, que tenham infecções urinárias de repetição ou inflamações recorrentes, como a candidíase de repetição; alterações da anatomia da vagina como os prolapsos genitais, antes de 6 meses após o parto e alergia ao látex para aquelas que escolherem o modelo de borracha. Essa última não se aplica aos de plástico e os de silicone.

4) UMA VEZ MEDIDO, O TAMANHO DO MEU DIAFRAGMA PODE MUDAR?

Depois de ter um filho, engordar ou emagrecer demais (mais de 10 quiilos), pode ser necessária uma nova medição. Existe um tipo de tamanho único que se adapta ao corpo da mulher, mas como já falei antes, será difícil você encontrá-lo aqui no Brasil.

Fique ligada, pois toda quarta-feira terá um vídeo novo aqui no site e em meu canal do youtube. <- assina aqui.

Compartilhe este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Recentes

WhatsApp chat