Blog

As 6 dúvidas mais comuns sobre a Pílula do dia seguinte

Quais são as grandes dúvidas e polêmicas que envolvem esse método?

lendo esse texto tem ou conhece alguém com dúvidas sobre a pílula anticoncepcional de emergência, também conhecida como pílula do dia seguinte (PDS), não é mesmo? Eu mesma escuto sempre no consultório e recebo dezenas de outras vindas das minhas seguidoras nas redes sociais.

Se você for uma mulher jovem e sexualmente ativa então… deve ter muitas! Pesquisas mostram que mais de 20% das adolescentes já utilizaram a pílula do dia seguinte pelo menos uma vez!

As 6 dúvidas mais comuns sobre a Pílula do dia seguinte

Mas afinal, o que é esse método? Quando deve ser utilizada? Como ela funciona no corpo? Quantas vezes posso utilizar? Existe contraindicação? Se a mulher engravidar após o uso, isso pode prejudicar o futuro bebê? É abortiva?

As 6 dúvidas mais comuns sobre a Pílula do dia seguinte

Vamos as respostas!

1) O que é a PDS?

As pilulas anticoncepcionais de emergência são indicadas para proteger da gravidez após a relação sexual sem proteção. Existem 4 regimes diferentes de uso, mas atualmente no Brasil só 2 deles estão disponíveis: a pílula hormonal 0,75mg ou 1,5mg de levonogestrel e o esquema Yuzpe, feito com pílulas anticoncepcionais combinadas em doses hormonais específicas.

2) Quando deve ser utilizada?

Como o nome técnico diz, a pilula de emergência é para ser usada para prevenir a gravidez em situações de exceção, como:

  • relações sexuais sem nenhum tipo de proteção (incluindo casos de violência sexual);

  • se o único método utilizado for a camisinha e ela rompe, rasga ou sai do lugar ;

  • se a mulher não usou seu método regular de forma correta (diafragma não foi usado corretamente, esqueceu de tomar 2 ou mais pílulas, atrasou a data da injeção, esqueceu de tirar o anel ou o adesivo) e teve relações sem proteção.

IMPORTANTE: essas são as indicações de emergência para uso da PDS, mas se para você essas emergências já viraram rotina, estão está na hora de rever o que está fazendo, conversar com o/a Ginecologista para te ajudar a escolher um método mais seguro e se proteger de forma realmente eficaz!

 

 

Dito isso, fica mais fácil responder a próxima pergunta!

3) Como ela funciona?

O que a PDS tenta fazer é inibir ou retardar a ovulação daquele mês, ou seja, se você já ovulou ou está muito próxima disso ela pode não funcionar. Isso também explica o seu percentual de eficácia: quando tomada na forma correta – dentro das primeiras 24 até as 72 horas após a relação sem proteção – ela funciona de 80 a 90% das vezes! E quanto mais o tempo passar, mais baixo esse percentual ficará!

Se pensarmos que uma pílula usada diariamente da forma correta pode proteger da gravidez 99,9% das vezes, fica fácil ver quem é melhor, não?

4) Quantas vezes posso utilizar? Existe um tempo mínimo para se usar a PDS novamente?

Não há um tempo mínimo ou máximo recomendado para uso. Sempre que houver uma relação sexual nas situações de emergência que citei antes ela estará indicada, exceto se a mulher tiver mais de 1 relação dentro de 24 horas.

Nessa situação apenas 1 PDS em 24 horas será suficiente. Apesar do seu uso ser seguro, o maior problema do uso frequente da PDS é você descontrolar demais o seu ciclo, se perder nas contas e acabar engravidando sem querer e nem planejar!

5) Existe contraindicação?

Não. Toda mulher em idade reprodutiva que passar por uma situação dessas tem indicação de uso, sem restrições. Não há existem doenças que contraindiquem o uso de PDS, uma vez que a dose é de uso único e rapidamente processada pelo corpo.

Em alguns casos, a mulher pode ficar enjoada, com dor de cabeça e com as mamas um pouco sensíveis, mas esses sintomas são autolimitados e não duram mais do que 24 horas, tempo em que ela demora para sair totalmente do seu corpo.

6) E se a mulher estiver grávida sem saber e tomar mesmo assim? Pode abortar?

De jeito nenhum! Isso é importante ficar bem claro! A forma de agir da PDS é inibindo a ovulação, portanto age antes da fecundação acontecer! Uma vez ovulado e se esse óvulo for fecundado ela simplesmente não funcionará, por isso é que a taxa de falha é em torno de 10% e vamos combinar que isso não é nada desprezível para quem não quer engravidar!

Se a mulher estiver grávida e usar a PDS sem saber também não há riscos de afetar o futuro bebê, abortar e nem provocar mal formação. Ela simplesmente saíra do corpo rapidamente, dentro das 24 horas regulamentares. E só.

Eu não tenho dúvidas que se o uso da PDS de forma consciente e responsável é muito melhor do que a reza forte! Essa pode até ajudar em outras coisas, mas não para evitar a gravidez. Portanto, se o que você quer é se proteger de forma realmente segura e eficaz, que tal marcar uma consulta com o seu/sua Ginecologista de confiança? Ele/a poderá te ajudar nessa escolha!

Compartilhe este artigo

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

35 respostas para “As 6 dúvidas mais comuns sobre a Pílula do dia seguinte”

  1. A recomendação é que a pds não seja usada mais do que quatro vezes ao ano, Ana. Mais do que isso é considerado uso repetido, trazendo todos os riscos que você já deve saber. Não esqueça que a pds é só para os casos de emergência e que os métodos regulares são muito mais eficazes na proteção da gravidez!

  2. Acontecerá que o seu ciclo ficará totalmente desregulado e sua chance de engravidar aumenta com todo esse excesso de PDS, Daiane. Procure o ginecologista o quanto antes para escolher um método mais seguro para vc usar e enquanto isso pare de se arriscar e use a camisinha, ok?

  3. Isso não é verdadeiro, Joelma. Nenhum método anticoncepcional causa infertilidade. A pílula do dia seguinte só é capaz de interferir no período fértil, ok?

  4. Dra, antes de fazer mil e uma perguntas já tive inumeras respostas às minhas dúvidas lendo os comentários. Parabéns pela iniciativa e interesse pelo site!
    Mas ainda continuo com “neuras”. Nunca namorei sério, por isso nunca tomei anticoncepcional. Agora Estou começando um namoro, e ainda nao começei com o anticoncepcional. Há uns 8 meses atrás tomei minha 1ª PDS, e agora com meu namorado tive de tomar 2X num intervalo de duas semanas apenas. Na 1ª pilula, após uns 5dias houve pequeno sangramento durante uns 4dias. Hoje tive de tomar pela 2ª vez a pilula. Minha menstruação deveria chegar dia 15, mas agora com essas situações não sei o que acontecerá! Devo me preocupar? A partir de quando? Obrigada desde já.

  5. Olá,Dra! É verdade que a pílula do dia seguinte se usada com frequência pode causar infertilidade?
    Obrigado…

  6. Olá Dri,
    Se não houve nenhum acidente com o uso do preservativo e ele foi usado corretamente em todas as relações não há a menor necessidade de usar a pílula do dia seguinte, afinal, o espermatozóide não é capaz de atravessar a barreira da camisinha…a pílula do dia seguinte pode desregular você e isso pode ter acontecido. Converse pessoalmente com o seu ginecologista, ok?

  7. Priscila,
    A pílula do dia seguinte não traz nenhuma segurança quando usada dessa forma, ao contrário, pode aumentar as chances de você engravidar. A melhor coisa que fez foi consultar o ginecologista. Só assim vc poderá se informar e usar um método que seja realmente seguro, ok?

  8. Olá dra, amei o seu site, muito útil. Tomo anticoncepcional há 2 anos, mas como eu tinha uns sangramentos resolvi dar uma parada e agora meu ciclo está totalmente desregulado. O último dia foi 03 de novembro e até agora não desceu mais. Tive relação nesse período, usamos preservativos e no medo acabei tomando duas vezes a pílula do dia seguinte. Será que corro algum risco? Fico tão preocupada pq na verdade nem eu sei como está o meu ciclo. O que a senhora me aconselha?

  9. Doutora, eu não tomo anteconcepcional e tenho relações com meu namorado, mas por segurança tomo a pílula do dia seguinte, porém só tomo duas vezes em cada mês. Comecei a fazer isso em outubro, mas resolvi ir a uma ginecologista e parar de tomar. Nesse tempo que usei ela pode me prejudicar em alguma coisa?
    Obrigada, pela atenção!

  10. Oi!! Entrei no site para saber mais sobre a pilula do dia seginte e vi todas as resposta que eu queria saber. Fiquei mais tranquila. Agora é só esperar!!!!obrigado. bjs.

  11. Olá Gabriele,
    O sangramento com o uso da pílula anticoncepcional não significa que ela não esteja fazendo efeito. Vc deve é procurar o seu ginecologista para falar sobre o assunto e ver o que se passa, ok?

  12. Olá!
    Bom doutora, gostaria de saber algumas coisas.. ontem tive relações com o meu namorado (sem preservativo), mas tomo anticoncepcional (YAS) direitinho, sem atrasos. Já estou no 8° comprimido da cartela, e hoje pela manhã saiu sangue na hora que fui urinar. O que pode ser? o remédio pode não estar fazendo efeito? devo tomar a pds? Desculpe fazer tantas perguntas, mas confiei nas suas respostas e queria tirar essas duvidas.
    Obrigadaa

  13. Olá Carla,
    Pode acontecer esse sangramento sim, mas o mais importante é ver se a sua menstruação virá da data esperada. Se atrasar em mais de 10 dias, procure o ginecologista para ver se não está grávida, ok?

  14. Olá Larissa,
    O teste de gravidez não é tão imediato assim. De nada adianta vc transar e fazer o teste no dia seguinte, pq certamente ele NÂO dará positivo! Se sua menstruação está atrasada, procure o ginecologista para ver o que se passa, ok?

  15. Olá, gostaria de saber, se a pílula do dia seguinte tem como efeito colateral um pequeno sangramento alguns dias após a ingestão. Obrigada!

  16. Olá Dra. Mariana, tive relações fora do meu período fértil durante 3 dias seguidos, ele ejaculou dentro nos 3 dias. No último dia resolvi tomar a pds. E no dia seguinte, depois de ingerir a pílula fiz o teste de gravidez. Deu negativo. Será que a pds interferiu no resultado do teste? Minha menstruação está atrasada há 1 semana.

  17. Oi, Patrícia
    Para saber se está grávida ou não só mesmo fazendo o exame de sangue para ver, ok?

  18. Dra. Mariana
    Dia 16/09 tomei a PDS, minha menstruação era pra vir dia 20/09 e até hoje dia 26/09 ainda não veio, será que estou grávida?

  19. Não dá para ser tão matemática assim, Liziane. A PDS consegue evitar a gravidez em até 90% dos casos. Se a menstruação ainda não desceu, é melhor consultar o ginecologista para fazer os exames necessários, ok?

  20. DRª MARIANA,PRECISO DA SUA AJUDA PARA TIRAR UMA DÚVIDA. UMA AMIGA MENSTRUOU DIA 14/08/09, TEVE UMA RELAÇÃO DIA 23/08/09, E A CAMISINHA RASGOU. MINUTOS DEPOIS TOMOU A PDS, CONTANDO ASSIM, FAZEM 11 DIAS DE ATRASO. QUAL A POSSIBILIDADE DE UMA GRAVIDEZ? FOI FEITO UM BETA HCG COM 4 DIAS DE ATRASO E DEU NEGATIVO. ESPERO ANSIOSA SUA RESPOSTA.UM ABRAÇO

  21. Oi, Luiza
    Se vc usa o anticoncepcional regularmente e da forma correta, não há a menor necessidade de se usar a pds, mesmo durante a pausa, quando estará menstruada. Uma simples visita ao ginecologista para tirar as suas dúvidas pode te ajudar muito a não ficar usando o medicamento sem indicação, ok?

  22. Olá dra.. bem, tive relações menstruada com meu namorado e a camisinha rasgou..tomo anticoncepcional regular mais pelo susto acabei tomando pds..tenho chances de estar gravida? O que posso fazer para ter garantia e não ficar preocupada? Existe algum exame?

  23. Não Paula,
    O que pode acontecer é atrasar em no máximo 10 dias da data esperada para ela descer. Se atrasar mais do que isso, vc deve ir ao ginecologista para ver se não está grávida, ok?

  24. Olá Renata,
    Para ter o máximo de eficácia (90%) a pílula do dia seguinte deve ser usada até 24 horas após a relação sexual desprotegida. Depois disso, as chances de dar certos diminuem progressivamente. Por isso ela só deve ser usada somente nas emergências. ok?

  25. Olá Marcos,
    O objetivo da pílula do dia seguinte é inibir ou retardar a ovulação. Se a mulher estiver no período fértil não dá para garantir que a pílula funcionará mesmo, pois não dá para dizer exatamente o dia da ovulação. É por isso que a eficácia dela é de 90%. Com relação a menstruação, ela pode adiantar ou atrasar uns dias, mas o esperado é que ela venha na época habitual, ok?

  26. Dra… A pílula do dia seguinte…funciona mesmo que a mulher esteja no período fértil?…E a mestruação após ter tomado a pilula..ela vem mais rápido? obrigado

  27. Olá Liz,
    A pílula do dia seguinte NÂO é abortiva, ela atua somente atrasando ou inibindo a ovulação, ou seja, o passo anterior a fecundação. Hoje sabe-se que ela não tem efeito sobre a implantação, portanto, se a mulher estiver grávida a pílula não funcionará, ok?

  28. Drª. A pílula do dia seguinte é ou não abortiva? Ela tem algum efeito mesmo depois da fecundação, ou seja, impede a implantação do embrião? Me esclareça essas dúvidas por favor!

  29. Olá Thomas,
    A PDS pode atrasar ou adiantar a menstruação. O habitual é a menstruação vir na época esperada, se a mulher não estiver grávida. Se a menstruação atrasar em mais de 10 dias, o melhor é procurar o ginecologista para fazer os exames necessários, ok?

Os comentários estão desativados.

Postagens Recentes

WhatsApp chat