Dra. Mariana Maldonado - Ginecologia, Homeopatia, Terapia Sexual

Sexualidade e Adolescência

Vulnerabilidades, DST/AIDS, aborto inseguro, gravidez não planejada... Quais são as principais dúvidas dos adolescentes sobre sua sexualidade?

A adolescência é uma fase típica de experimentação. Tudo é novidade e tem que ser vivido intensamente. E é justamente neste momento da vida que a identidade sexual – fruto da mistura de fatores biológicos, psicológicos, sociais e culturais – começa a se definir. A partir daí o indivíduo pode aprender a reconhecer, aceitar e assumir o que é para então conquistar seu espaço na sociedade seja como homem ou mulher.

Rapazes e moças começam a focalizar suas atenções para as mudanças do corpo, desenvolvendo preocupações não só com suas formas, mas também quanto ao seu potencial de atração sexual e jogos de sedução. Na consulta da adolescente, são comuns algumas perguntas, como: ter corrimento é normal? Já posso engravidar? Será que sou realmente fértil? Meus seios não são muito grandes? Sou atraente para os rapazes? Ele vai gostar de mim mesmo assim?

E a primeira relação sexual? Fonte de grandes preocupações para a família da adolescente, o início da vida sexual também é motivo de muitas perguntas na consulta médica. Este é um bom momento para orientar e informar sobre formas de prevenção contra doenças sexualmente transmissíveis – incluindo a AIDS – e métodos anticoncepcionais, para se evitar uma gravidez não planejada.

E esta preocupação não é à toa: adolescentes e jovens estão mais expostos à contaminação pelo vírus da AIDS e outras DST, à gravidez não planejada e a prática do aborto de forma insegura. De acordo com o Ministério da Saúde, aproximadamente 20% dos partos registrados no Brasil em 2003 foram de adolescentes menores de 20 anos. Estima-se que, do total de mortes por aborto entre 1999 e 2002, 14% foram de meninas entre 10 e 14 anos. Além disso, as adolescentes que engravidam tendem a freqüentar menos a escola e o pré-natal; podem ter mais partos prematuros e outras complicações, aumentando as chances de morte para a mãe e o bebê.

Uma outra questão – muitas vezes delicada – dentro da consulta ginecológica da adolescente: os pais podem estar presentes durante a consulta? Segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), é direito da adolescente ter a sua privacidade e confidencialidade respeitadas, desde que este ato não coloque em risco a sua saúde ou a de terceiros. Portanto, os pais podem participar da consulta e acompanhar o exame se a adolescente assim desejar e permitir.

Um recado especial para todas as mulheres: é fundamental começar a se prevenir desde cedo. Às mulheres (incluindo as adolescentes) que já iniciaram a vida sexual é recomendada uma visita no mínimo anual ao ginecologista para a realização do exame preventivo do câncer de colo do útero. É um procedimento muito simples, não provoca dor e pode evitar futuros problemas!

Mariana Maldonado
Mariana Maldonado é médica especialista em Ginecologia, Obstetrícia e Sexologia Clinica, além de Pós Graduada em Homeopatia e com Certificado de Atuação na Área de Sexologia em Ginecologia e Obstetricia pela FEBRASGO. Dedica sua carreira à ajudar mulheres de todas as idades nos cuidados com a saúde nas diferentes etapas da vida!
  • Beatriz Moreira

    Adorei as dicas,ainda não iniciei a vida sexual,mas quem sabe mais tarde sim !
    Beijo Mariana …

  • Mayara

    Dra. Mariana, essas dicas foram muito boas para mim, ainda não iniciei a minha vida sexual mas já estou pensando em iniciar com o meu namorado.Tinha algumas dúvidas mais agora tenho certeza do eu quero.
    Beijos
    Adorei a matéria !!

  • adriana

    bom dia! Dra.mariana tenho 17 anos e tive relação com meu namorado uma vez só. Senti muita dor na hora da penetração e pedi pra ele parar e ele parou. Será que ainda sou virgem? Sem mais, obrigada. bjos.

  • Dra. Mariana Maldonado

    Olá Adriana,
    Às vezes é necessário mais de uma relação sexual para romper totalmente o hímen. De qualquer forma, para saber se o seu hímen rompeu ou não só mesmo sendo examinada pelo ginecologista, ok?

  • carol

    Boa noite! Dra.mariana, tenho 16 anos e gostaria de saber como posso me previnir para não engravidar. Se eu usar só a camisinha corro o risco de ficar gravida? obrigada bjs!!!

  • Dra. Mariana Maldonado

    Olá Carol,
    Se vc usar a camisinha corretamente, em todas as relações sexuais e antes da iniciar a penetração, a chance dela falhar é mínima. De qualquer forma, é possível associar outro método a ela, mas isso, só mesmo o seu ginecologista para te ajudar a escolher que outro método estará indicado para vc, ok?

  • Tífany

    Oi Dra. Mariana,
    queria saber, qual é a idade adequada pra eu ter minha primeira relação sexual…?

  • alan queiroz

    Olá!!! Bom, eu e minha namorada queremos ter a nossa primeira relação sexual, mas nós somos virgens e queremos saber qual é o melhor método pra nos previnirmos, para que nada saia errado!!!
    Ficarei agradecido pela dica e ajuda!

  • Dra. Mariana Maldonado

    Olá Tifany,
    A idade adequada é aquela em que vc tem consciência sobre o seu corpo e responsabilidade sobre os seus atos, ou seja, tem que ter JUIZO para exercer a sua sexualidade de forma responsável para não ser pega de surpresa depois, ok?

  • Dra. Mariana Maldonado

    Olá Alan,
    O melhor método para a proteção dos dois é a camisinha, pois ela protege tanto da gravidez como das doenças sexualmente transmissíveis. Converse com sua namorada para que ela tb procure o ginecologista para se informar melhor, ok?

  • kamylle

    Oi doutora! Tenho 14 anos e o meu namorado tem 15, estamos juntos há 1 ano e 5 meses. Não sei se sou virgem porque quando eu fui transar na primeira vez não sangrou, mas o pênis dele não entrou todo. Minha pergunta é: só a camisinha previne a gravidez? E essas camisinhas de sabores tem algum problema usar ?
    OBRIGADA!

  • Dra. Mariana Maldonado

    Nem sempre a mulher virgem sangra ou sente dor na primeira vez, Kamylle. Tem mulheres que não sentem nada. Só dá para saber se vc ainda é virgem sendo examinada pelo médico. A camisinha protege muito bem da gravidez e das DST, mas tem que usar sempre e direito!!
    Camisinhas com sabores devem ser usadas com cuidado para não dar alergias, ok?

  • nikole monsueto pereira

    Oi doutora quero saber….. pois sou virgem e vou pela 1° vez no ginecologista, tenho 18 anos … mas não quero que toque e nem olhe minha vagina, só quero que veja minhas mamas e converse. É que eu queria tomar anticoncepcional. Mesmo se ele não me examinar, receitaria um anticoncepcional? Obrigada!

  • Dra. Mariana Maldonado

    Difícil responder a sua pergunta, Nikole. Antes de tomar qualquer medicamento é necessário examinar. Isso não precisa se feito na primeira consulta, vc pode conversar com o médico primeiro e depois voltar para ser examinada, ok?

  • Ana Karoline

    Dra. Mariana Maldonado, gostaria de saber se na 1º relação sexual é preciso que os dois usem a camisinha… ou só o homem usando já tem segurança? Obrigada

  • Dra. Mariana Maldonado

    Ana,
    Nunca, jamais, em tempo algum, use 2 camisinhas ao mesmo tempo. Somente 1 camisinha deve ser usada por vez, a masculina OU a feminina. Usar 2 camisinhas ao mesmo tempo só aumenta o risco de rompe-las, ok?

  • Nayara

    Dr. , eu tenho 15 anos e quero começar minha vida sexual. Acontece que de um mês para cá, andei notando um corrimento esbranquiçado que coça e arde. Será que só dormindo sem calcinha e deixando ela arejar mais vezes esse corrimento para? E sobre iniciar minha vida sexual, estou muito nova para isso? Meu maior medo mesmo não é a dor que posso ter na relação e sim minha mãe no consultório ginecológico brigando comigo porque a médica pode dizer que já não sou mais virgem. Obg :\

  • Dra. Mariana Maldonado

    É você que tem que saber se está pronta para dar esse passo, Nayara, que deve ser feito com muita responsabilidade. O ginecologista não vai dzer para a sua mãe se vc é ou não virgem, a não ser que vc queira que ele diga. O adolescente tb tem direito ao segredo médico. Com relação ao corrimento, só mesmo sendo vista pessoalmente, ok?

  • patrícia

    Tenho uma dúvida: Perdi minha virgindade há 10 anos, mas desde aquele dia nunca mais tive relação. É possivel eu ter voltado a ser virgem?

  • Dra. Mariana Maldonado

    Uma vez que o hímem se rompe, ele não “cola” novamente Patricia. Isso só é possível através de cirurgia, o que eu não recomendaria, ok?

  • Ana Monique

    Adorei as dicas, mas queria saber se na primeira vez sem camisinha é possível engravidar? Obrigada!

  • Gy

    Tem como o médico saber se a menina ainda é virgem através do exame ginecológico?

  • Dra. Mariana Maldonado

    É perfeitamente possível, Ana Monique. Toda vez que a mulher que menstrua normalmente tem uma relação sexual desprotegida, a possibilidade de gravidez existe. Por isso, se vc quiser realmente se proteger, deve usar sempre um método confiável, ok?

  • Dra. Mariana Maldonado

    Tem sim, Gy, mas isso não significa que ele falará isso para alguém sem a menina saber, ok?

  • geciara

    é possivel uma menina pegar uma DST logo na primeira relação ??

  • Dra. Mariana Maldonado

    É possível sim, Geciara. Qualquer relação sexual sem o uso da camisinha pode aumentar o risco de transmissão de DSTs, independente de ser a primeira, segunda ou décima, ok?

Outros artigos sobre Sexualidade

Palavra de mulher

Este livro surgiu do amor entre mãe e filha que compartilham alegrias e tristezas do cotidiano. Os 43 capítulos apresentam depoimentos que sintetizam as vozes de muitas mulheres ouvidas nos consultórios, nos trabalhos de grupo e nas palestras realizadas por Maria Tereza (psicóloga) e Mariana (médica ginecologista), junto com comentários e informações sobre os temas abordados.Saiba mais.

Marque uma consulta

Para marcar uma consulta, ligue para 21 2287-2311 / 3681-3040 / 99896-2554 ou preencha os campos abaixo. Em breve, entraremos em contato para confirmar a disponibilidade do dia e horário desejados.

Obrigatório

Obrigatório Email inválido

Telefone obrigatório Telefone inválido

Endereço

Av. N. S Copacabana 1072 sala 705, Copacabana
Rio de Janeiro - RJ
CEP 22060-002

Telefone

21 2287-2311 | 3681-3040 | 99896-2554

Email

dra.mariana@marianamaldonado.com.br