Dra. Mariana Maldonado - Ginecologia, Homeopatia, Terapia Sexual

Osteoporose

A osteoporose é uma doença grave, silenciosa e não afeta somente os idosos. O que fazer para prevenir esse mal?

A osteoporose, também conhecida como doença do osso fraco, é uma doença silenciosa resultante da diminuição de cálcio nos ossos. Nela o osso literalmente enfraquece porque perde em quantidade, o que afeta na sua qualidade. Com o passar dos anos, o osso fica poroso, parecendo uma esponja, o que aumenta e muito as chances de fratura, inclusive as espontâneas, ou seja, o osso pode quebrar sozinho, sem que você tenha feito nada!

Parece assustador e é mesmo… você sabia que as complicações causadas por fraturas principalmente do fêmur e da coluna estão entre as principais causas de morte entre os idosos? Pois é… estima-se que 20.000 pessoas morrem todos os anos por conta disso!

E não pense você que só os velhinhos é que sofrem com a doença do osso fraco não! Para conhecimento geral, tem muita gente mais nova que tem o osso mais fragilizado e nem sabe! Isso porque antes de chegar na osteoporose, a perda óssea passa por diferentes etapas, sendo a primeira delas a osteopenia. Sabe-se que a fase da nossa vida em que temos mais osso no corpo é ao redor dos 35 anos. A partir dessa idade, a nossa massa óssea começa a diminuir gradativamente, e essa queda é bem diferente nos homens e mulheres.  Com a menopausa, a perda se acelera e é por isso que a osteporose afeta muitos mais as mulheres do que os homens! De cada 4 pessoas com osteoporose 3 são mulheres. Por isso o diagnóstico precoce é tão importante!

A esta altura do campeonato você deve estar se perguntando: meu Deus! Será que tenho esse problema e não sei? O que fazer para evitar essa doença tão terrível?

Em primeiro lugar, é importante estar atento aos fatores de risco: a osteoporose é uma doença causada por uma combinação de fatores. Em alguns deles você certamente poderá atuar para minimizar os efeitos: se você tem mais de 50 anos, história familiar de osteoporose (principalmente entre parentes de primeiro grau), é do sexo feminino, de raça branca e de baixa estatura, já está correndo riscos! Se ainda por cima é fumante, não pega sol (o saudável, é claro) abusa das bebidas ricas em cafeína (como o café e o refrigerante) e das bebidas alcoólicas, não pratica exercícios físicos regularmente e tem uma alimentação pobre em cálcio, pronto! Está feita a mais bombástica receita para enfraquecer os seus ossos se você não começar a se mexer para mudar os hábitos!

Muita gente pergunta se só o leite é fonte de cálcio. Não é não. De fato, o leite e seus derivados como o iogurte e o queijo branco, têm muito mais cálcio e de mais fácil absorção, mas os legumes verdes – como brócolis, espinafre e couve -, os cereais, as frutas secas e o peixe também são ricos nesse elemento tão essencial!

O segundo passo é conversar com seu médico para que ele te peça um exame chamado densitometria óssea que avalia a quantidade de osso no corpo. É um exame simples e pode evitar muita dor de cabeça!

Mariana Maldonado
Mariana Maldonado é médica especialista em Ginecologia, Obstetrícia e Sexologia Clinica, além de Pós Graduada em Homeopatia e com Certificado de Atuação na Área de Sexologia em Ginecologia e Obstetricia pela FEBRASGO. Dedica sua carreira à ajudar mulheres de todas as idades nos cuidados com a saúde nas diferentes etapas da vida!
  • glaucia de souza

    oi, dra mariana, cada vez que encontro nesse mundo pessoas tão especiais e maravilhosa como é a senhora,é que tenho
    a certeza de que Deus felizmente existe.

  • Solange Oliveira de Menezes

    Oi Drª Mariana, bom dia. É excelente esse seu trabalho, estou com 52 anos e já tive há dois anos artrose na lombare um bico de papagaio. Fiz densitometria e estou no limite. Por isso, meu ortopedista receitou Caldê e Protos e, mais fisioterapia e RPG. detalhe, retirei os dois ovários em novembro último. Fiz exame e meu ginic. disse ainda não preciso de fazer reposição hormonal; mas meu ortop. diz que é bom fazer. Não tenho notícias de osteoporose na família. Sempre tive boa saúde. sou fumante, tive três filhos muito saudáveis. Aguardo seu comentário. Um grande abraço e parabéns pelo seu trabalho, inclusive na Tupy.
    Solange.

  • Dra. Mariana Maldonado

    Olá Solange,
    A reposição hormonal realmente tem efeitos positivos na massa óssea de mulher na menopausa, mas também tem seus riscos e contraindicações. Tudo isso é avaliado na consulta com o seu médico na hora de prescrever. O cigarro, vc já deve saber, prejudica a saúde em muitas coisas e também é fator de risco para osteoporose, mesmo sem história na família. Converse com seu médico para que juntos, possam decidir o que é melhor para vc, ok?

  • maria jose

    Dra Mariana, seu trabalho é excelente, parabéns…eu tenho artrose eu gostaria de saber se poderia virar osteoporose. Tenho 45 anos. Isso é possivel? Muito obrigado pela sua atenção. Boa noite!

  • Dra. Mariana Maldonado

    Olá Maria Jose,
    Até onde eu saiba não, mas sugiro que converse com um bom ortopedista sobre o assunto, ok?

  • carmen maria simone costa

    Doutora, é um prazer falar com você! Tenho 50 anos, não faço reposição hormonal e nem tenho mais o útero. O meu ginecologista diz que ainda tenho hormônio, mas sinto dores, os meus ossos estalam quando ando e tenho muitas caimbras. Não tomo nenhuma medicação.

  • Dra. Mariana Maldonado

    Olá Carmen,
    A necessidade ou não de fazer reposição hormonal é algo que só o seu médico pode avaliar. Nem sempre dores pelo corpo ou ossos que estalam são sinais de que vc precisa de hormônios. Converse com ele, ok?

  • RENATO

    Tenho 42 anos e devido a uma dor na coluna fui a um ortopedista que me mandou fazer um raio X. Ele disse que tenho um pequeno enfraquecimento nos ossos, mas que não preciso me preocupar, que é normal. Posso confiar nesse médico? Eu não sou muito novo para ter esse problema? Obrigado!

  • Dra. Mariana Maldonado

    Realmente, vc é muito novo para ter os ossos mais fracos, Renato. Não dá para dizer que isso é normal somente baseado no raio x. São necessários outros exames para saber o que vc tem. Sugiro que procure uma segunda opinião, ok?

  • Vera Lúcia

    Olá Dra. Mariana! Hoje, por um acaso, escutei seu programa na rádio. Gostei muito e achei ótimo o site! Amei saber que tem um espaço para nós mulheres, com tantas dúvidas. Tenho 55 anos. Parabéns, abraços e beijos.

  • celia lopes

    Olá Dra! Como é bom ter pessoas como a Sra para nós orientar sobre saúde e tirar nossas dúvidas! bjoss.

  • Neila Maria

    Olá Dra.Mariana você é maravilhosa, sou sua fã de todos os domingos. É uma alegria que Deus tenha colocado um anjo como você no mundo para nos ajudar. Obrigado pelo carinho. Beijos!!

Outros artigos sobre Saúde da Mulher

Palavra de mulher

Este livro surgiu do amor entre mãe e filha que compartilham alegrias e tristezas do cotidiano. Os 43 capítulos apresentam depoimentos que sintetizam as vozes de muitas mulheres ouvidas nos consultórios, nos trabalhos de grupo e nas palestras realizadas por Maria Tereza (psicóloga) e Mariana (médica ginecologista), junto com comentários e informações sobre os temas abordados.Saiba mais.

Marque uma consulta

Para marcar uma consulta, ligue para 21 2287-2311 / 3681-3040 / 99896-2554 ou preencha os campos abaixo. Em breve, entraremos em contato para confirmar a disponibilidade do dia e horário desejados.

Obrigatório

Obrigatório Email inválido

Telefone obrigatório Telefone inválido

Endereço

Av. N. S Copacabana 1072 sala 705, Copacabana
Rio de Janeiro - RJ
CEP 22060-002

Telefone

21 2287-2311 | 3681-3040 | 99896-2554

Email

dra.mariana@marianamaldonado.com.br