fbpx

Blog

Transar demais ou de menos pode fazer mal?

Aposto que o tema de hoje será esclarecedor para muitas de vocês!

Será que transar demais pode trazer problemas ou fazer algum mal?

E se você ficar muito tempo, meses ou até anos sem transar? O que pode acontecer com o corpo?

Transar demais ou de menos pode fazer mal?

Quando o assunto é sexo, não faltam mitos, tabus e muitas, mas muitas dúvidas, não é mesmo?

Muitas mulheres me perguntam se pode fazer mal ao corpo ou trazer problemas:

  • transar mais que 2 a 3 vezes num dia;
  • ter aquele final de semana animado, quando você encontra aquela pessoa e rola o maior tesão, daqueles que dá vontade de passar o dia inteiro na cama, só curtindo e namorando.

Será que transar demais pode trazer problemas?

Transar demais ou de menos pode fazer mal?

Calma gente!

Nosso corpo é feito para aguentar o tranco em condições normais, mas é claro que como tudo na vida, os excessos normalmente são acompanhados de consequências e nesse caso em especial, as mais comuns são:

  • a infecção urinária tipo cistite na mulher;
  • e as assaduras causadas pelo atrito, tanto no homem quando na mulher, ainda que o sexo seja feito de camisinha, bem protegido, como é o recomendado sempre!

Nunca se esqueça que se a camisinha ficar de fora, aí sim, você pode mesmo ter problemas muitos mais sérios!

Liberte-se da Dor na Relação Sexual: A Cura do Vaginismo ao Alcance da Sua Mão – Baixe meu Ebook agora!

Técnicas Avançadas para Conseguir (ou Turbinar) o Orgasmo – Garanta meu treinamento online agora!

Ser contaminada por uma doença sexualmente transmissível ou correr o risco de engravidar fora de hora são bons exemplos! Pense bem antes de arriscar!

É natural que depois de uma noite tórrida de amor, a região genital fique mais sensível e inchada, mas se estiver tudo bem com vocês, a recuperação é rápida e em pouco tempo.

Em questão de minutos ou poucas horas, vocês estarão prontos para outra!

Agora, se algo não vai bem lá embaixo antes de tudo começar, pode ter certeza que depois ficará pior!

Minha amiga, se antes de começar a transa, você estiver sentindo qualquer incômodo, irritação, coceira ou ardência na região mesmo que seja leve, a tendência é que fique pior depois e aí…vai ficar difícil repetir a dose logo em seguida!

Lembre-se que uma boa transa não está limitada a região genital.

Vocês podem caprichar nas caricias em muitas outras partes do corpo, explorando cada pedacinho, sentindo que tipo de sensação desperta e deixar os “países baixos” descansando um pouco.

Vai por mim que pode ser muito interessante, às vezes até mais prazeroso do que a região genital.

Mas e quando acontece o contrário?

Quando a pessoa fica meses, às vezes até anos sem sexo, sem transar?

O que acontece com corpo? Será que ele desacostuma?

Não meninas. O nosso corpo tem memoria e pode ter certeza de que ele lembrará muito bem dos bons momentos que você já teve.

Existe um mito, que é quase senso comum, de que quando a mulher fica muito tempo sem transar, ela pode sentir um pouco de dor na relação sexual por conta desse tempo que ficou sem.

Gente, isso não é verdade!

A vagina é extremamente elástica, lembra disso, mesmo que você fique meses ou anos sem transar não voltará a ser virgem novamente pra sentir dor ao ser penetrada, da mesma forma que transar demais também não deixa a vagina larga!

Se você sabe o que é ter uma relação sexual sem dor, é para continuar assim!

Na grande maioria das vezes, essa dor acontece pela insegurança, tensão e ansiedade do momento.

Isso sim, é que pode fazer você contrair e se apertar. O corpo mesmo está do jeito que sempre esteve!

Se achar que precisa de ajuda profissional para se livrar dessa dor, que tal baixar meu ebook? Acho que posso te ajudar nessa!

Liberte-se da Dor na Relação Sexual: A Cura do Vaginismo ao Alcance da Sua Mão – Baixe meu Ebook agora!

Técnicas Avançadas para Conseguir (ou Turbinar) o Orgasmo – Garanta meu treinamento online agora!

 

 

Compartilhe este artigo

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email
WhatsApp chat